Esqueceu sua senha? Clique aqui.
Locatária não tem legitimidade para questionar normas de condomínio

[NOTÍCIA] - terça-feira, 22 de janeiro de 2019

A 4ª turma Cível do TJ/DF manteve decisão do juiz da 12ª vara Cível de Brasília/DF, que indeferiu pedido de uma locatária para anular normas da convenção e do regimento interno do condomínio onde mora, que proíbem a custódia de quaisquer tipos de animais em unidades imobiliárias autônomas. A turma confirmou o entendimento jurisprudencial quanto à ilegitimidade do locatário para questionar as normas de convivência eleitas pelos condôminos.

De acordo com a locatária, que possui uma cadela da raça Lhasa Apso de um ano e meio, a proibição é arbitrária já que o animal não oferece risco algum aos demais condôminos.

O condomínio contestou os pedidos da autora informando que as normas vigentes foram aprovadas em assembleia e representam a vontade comum e essencial ao convívio entre os condôminos.

Na 1ª instância, o juiz julgou extinto o processo por falta de legitimidade da autora para alterar as regras eleitas pelos condôminos. Segundo a sentença: "Cabe aos condôminos, promitentes compradores, cessionários ou promitentes cessionários dos direitos pertinentes à aquisição das unidades autônomas edificadas em condomínio a missão de elaborar a convenção e regimento interno de modo a disciplinar o modo de usar as coisas, espaços e serviços comuns de forma a não causar dano, obstáculo, incômodo ou embaraço aos demais condôminos ou moradores".

Para o desembargador Fernando Habibe, relator do recurso, "a apelante firmou contrato de locação de unidade residencial e nele não consta que o locador tenha lhe transferido o direito de representá-lo junto ao condomínio ou em juízo".

Fonte: Migalhas
Tipo: Busca:

Tags:

[NOTÍCIA]  - 22/01/2019 12:00   Receita se posiciona sobre exclusão do ICMS da base do Pis/COFINS   Conferir
[NOTÍCIA]  - 22/01/2019 11:56   Locatária não tem legitimidade para questionar normas de condomínio   Conferir
[NOTÍCIA]  - 22/01/2019 11:12   Seguradora não pode recusar contratação por pessoa com restrição de crédito disposta a pagar à vista   Conferir
[NOTÍCIA]  - 22/01/2019 11:05   Partido questiona no STF proibição de exploração de jogos de azar pela iniciativa privada   Conferir
[NOTÍCIA]  - 22/01/2019 11:00   Decano decidirá sobre pedido de liminar contra decreto da posse de armas   Conferir
 
12345678910...
Alexandre Röehrs Portinho
OAB/RS • 60.323 alexandre@homrichportinho.com.br
Confira o Currículo Lattes:
Cristiane da Silva Homrich
OAB/RS • 56.346 cristiane@homrichportinho.com.br
Confira o Currículo Lattes:
Armenio de Oliveira dos Santos
OAB/RS • 48.458 armenio@homrichportinho.com.br
Confira o Currículo Lattes:
FONE e FAX (51) 3372.1797 • atendimento@homrichportinho.com.br
© Copyright - Todos os direitos reservados.